Livro & Café: Trono de Vidro Sarah J Mass

Título: Trono de Vidro
Autora: Sarah J. Mass
Editora: Galera Record
Paginas: 392
Ano:2013
Idioma: Português
Classificação:
Sinopse: Nas sombrias e sujas minas de sal de Endovier, uma jovem de 18 anos está cumprindo sua sentença. Celaena é uma assassina e a melhor de Adarlan. Aprisionada e fraca, ela está quase perdendo as esperanças quando recebe uma proposta. Terá de volta sua liberdade se representar o príncipe de Adarlan em uma competição, lutando contra os mais habilidosos assassinos e larápios do reino. Endovier é uma sentença de morte e cada duelo em Adarlan será para viver ou morrer. Mas se o preço é ser livre, ela está disposta a tudo.

Trono de vidro, vai contar a história de Cealena, a maior assassina do reino, só que algo acontece e ela é captura e levada como escrava para as minas de sal; onde ela fica em tempo, até que o Príncipe do reino, vi até lá para soltá-la; obviamente as coisas não são tão simples assim. Ele vai soltá-la mas com a condição de ela ser sua campeã em uma competição do rei, que o vencedor se torna o assassino do Rei ( rei esse que Cealena odeia).

"Todos carregamos cicatrizes, Dorian. As minhas são apenas
mais visíveis de que as maiorias."
Ela aceita competir e eles fazem um acordo, se ela ganhar, será a assassina do Rei por alguns anos, e depois estará livre para fazer o quiser.

"Qual o propósito de ter um coração se não o usa para poupar
os outros das das críticas duras de sua cabeça?"

O livro foca na competição e um pouco na vida Cealena. Ela é forte, porque a vida a fez assim, mas o que mais me encantou foi o humor sarcástico dela, que sempre tem um resposta na ponta da língua.

"- Eis uma lição para você, mestre de armas - disse Celaena, enquanto passava por ele -, dê-me homens de verdade com quem lutar. Então, talvez eu me incomode em tentar."

Livro & Café: O Ano em Que Disse Sim - Shonda Rhimes


Titulo: O Ano em que Disse Sim
Autou: Shonda Rhimes
Pagínas: 256
Ano: 2016
Editora: Best Seller
Classificação:
Sinopse: Um livro motivador da aclamada e premiada criadora e produtora executiva dos sucessos televisivos Grey’s Anatomy, Private Practice e Scandal, e produtora executiva de How to Get Away with Murder.
Você nunca diz sim para nada. Foram essas seis palavras, ditas pela irmã de Shonda durante uma ceia de Ação de Graças, que levaram a autora a repensar a maneira como estava levando sua vida. Apesar da timidez e introversão, Shonda decidiu encarar o desafio de passar um ano dizendo “sim” para as oportunidades que surgiam. Os “sins” iam desde cuidar melhor de sua saúde até aceitar convites para participar de talk shows e discursos em público. Além disso, Shonda deu um difícil passo: dizer sim ao amor próprio e ao seu empoderamento. Em O Ano em que disse sim, Shonda Rhimes relata, com muito bom humor, os detalhes sobre sua vida pessoal, profissional e como mergulhar de cabeça no “Ano do Sim” transformou ambas e oferece ao leitor a motivação necessária para fazer o mesmo em sua vida.


Não costumo ler, livros de não ficção, e confesso que li esse apenas por ser da Shonda Rhimes, não porque sou super fã das séries dela, porque na verdade não sou;  pra ser sincera não acompanho assiduamente nenhuma delas; mas admiro a força  das protagonistas que ela criou, então imaginei que o livro seria bom, mas me enganei esse livro não é bom, esse livro é derrubador de forninhos, ele desconstrói tudo que um dia você acreditou que era verdade, ele MUDA VOCÊ, e você muda sua vida.

“Como Dançar, Ficar ao Sol e Ser Sua Própria Pessoa”

Nesse livro da Shonda temos, ela nos relatando o Ano em que ela disse Sim; Shonda mesmo senda uma escritora brilhante, não era muito confiante e na verdade é bem tímida então sempre que recebia um convite para estar em público ela recusava e quando não dava pra recusar, ela normalmente entrava pânico e as coisas nunca saíam como ela queria. Então depois de uma conversa com sua irmã no Dia de Ação de Graças, ela decidiu que estava na hora de mudar isso. E iniciou seu ano do Ano do Sim.

Livro & Café: Clube dos Herdeiros: Como Nossos Pais

Título: Clube dos Herdeiros: Como Nossos Pais
Autor: Fabiana Madruga
Ano: 2015
Páginas: 144
Idioma: Português 
Editora: 
Draco
Classificação: ★★★★★
Sinopse: Hoje deve ser seu dia de sorte. Sim, é com você que estou falando! Ao virar a próxima página, será como se tivesse ganhado um passe livre, uma tão cobiçada credencial, um passaporte com visto para um mundo que mal se vê pela fechadura. Você poderá conhecer cada um dos membros da nova aristocracia do Rio de Janeiro e saber o que realmente se passa na vida, na cabeça e no coração deles (e eu aposto como você jurou que isso nem existia!). Só me sinto na obrigação de te alertar a respeito do principal perigo que ameaça aqueles que se julgam sortudos por cruzar essa linha: você vai descobrir que as coisas podem não ser como você imaginava, e ter vontade de correr de volta para o seu mundo seguro, que antes pareci a tão medíocre. Mas não precisa correr tanto. No meio do caminho eu sei que você vai dar meia-volta e perceber que não vai mais a lugar nenhum. O Clube dos Herdeiros pode não ser nada parecido com um conto de fadas... mas não há como não se apaixonar perdidamente por ele! Pense bem antes de aceitar o convite: existem festas que duram a vida inteira...

Quando a editora Draco me enviou os livros para escolher, qual queria resenhar, eu não tive duvidas, logo de cara, escolhi clube dos herdeiros, na verdade me encantei pela sinopse, logo quando soube da parceria e posso dizer que não podia estar mais certa, porque esse livro conseguiu me tirar de uma resseca literária de mais de um mês. Mas chega disso e vamos falar sobre o livro.
Clube dos Herdeiros: Como nossos Pais, conta como os jovens da realeza “Realeza” carioca vivem o livro é permeado como as lindas paisagens do Rio de Janeiro e com estilo de vida glamoroso que esses jovens vivem.
Temos duas personagens principais, Helena e Manuela duas mulheres completamente diferentes, fortes a cada a sua maneira,mas que tem um laço de amizade fortíssimo um amor fraternal, que encanta o leitor.

Topo